terça-feira, 3 de outubro de 2017

KOKEDAMA PARA ORQUÍDEAS - Como fazer e como cuidar

Kokedama é uma técnica japonesa, variante do bonsai.


Kokedama é a junção das palavras koke=musgo e dama=bola, ou seja, é uma bola de musgo.

Feitas com musgo que funcionam como uma única planta pendurada, elas são muito bonitas e encantam pela sua presença marcante nos ambiente.

Vale destacar que há diversas receitas de kokedama, mas a maioria delas utiliza terra, e é voltada para outros tipos de plantas. É sempre importante lembrar que as orquídeas não sobrevivem na terra comum!

Aqui você vai aprender duas maneiras de fazer o kekedama.

1.ª maneira de fazer uma kokedama.

     Materiais:

     - pedras (brita ou seixos)
     - Casca de pinus (tamanho pequeno)
     - Musgo (esfagno previamente umedecido)
     - Barbante
     - Tesoura
     - 40 cm de fibra
     - 1 orquídea (previamente limpa nas raízes)

     Como fazer:

Corte as pontas da fibra, como mostra a figura 1

Coloque as pedras do meio


Acima das pedras, coloque as cascas de pinus e um pouco do esfagno.

Acomode a planta, centralizando a mesma.
Dica: umedeça as raízes da planta para ficarem maleáveis e não quebrar.

Comece juntando as pontas maiores da fibra



Vá fixando as pontas passando o barbante, por baixo e por cima.

Depois que fixou, desfie uns pedaços da fibra que sobraram, depois que cortou as pontas e envolva tudo.


Feito isso, vá envolvendo o Kokedama com barbante até formar uma bola, e finalmente o Kokedama estará pronto.




2.ª Maneira de fazer o Kokedama:

Materiais:

- Uma planta, com as raízes previamente umedecidas para ficarem maleáveis e não quebrar;
Pedras
- Rede ( daquelas que vendem com laranjas)
- Musgo esfagno
- Barbante
- Substrato
- Arame


  
     Como fazer:

1 - Pegue uma porção pequena de Musgo esfagno, molhe bem, envolva a raiz, e amarre com uma linha qualquer, como um barbante. Esse musgo absorve muita umidade, e é ele que vai hidratar a raiz da sua planta.

DICA: O musgo utilizado para fazer kokedama é o de nome esfagno ou Sphagnum. Coloque-o em cerca de 1,5 litro de água em um balde. Se a ideia for replantar uma muda debilitada, aplique até 5 gotas de algum enraizante de sua preferência e deixe o esfagno de molho por cerca de 15 minutos.

2 - Coloque o substrato dentro da rede ( você pode usar outro material parecido)

3 - Apoie a orquídea acima do substrato e feche a redinha, sem apertar de mais.

4 - Fixe o arame nas laterais da redinha, e deixe a ponta grande para cima, pois ela servirá para pendurar sua kokedama.

5 - Com o musgo umedecido, vá moldando em volta, formando uma bola, pressionando (sem apertar de mais) para que o musgo fique firme.

6 - Use o barbante para dar forma de bola. Pode acrescentar mais musgo para isso.

COMO CUIDAR DO SEU KOKEDAMA

Para manter a Kokedama sempre saudável alguns cuidados são recomendados. 
A questão principal é que a rega irá depender de cada espécie. Não existem regras rígidas, afinal é um delicioso exercício de observação e cuidado. 
Vamos lá:
  • LUZ: Procure atender as necessidades do tipo de orquídea que usou.
  • REGA: Existem 2 formas de regar sua Kokedama:            
    Opção 1 – submergir (a preferida!):  Uma boa e prática forma de regar a Kokedama é retirar de seu suporte e submergir a bola de musgo por alguns segundos (na torneira ou em um pote) e depois deixar a água escoar naturalmente por alguns minutos. Isto pode ser feito a cada 15 dias aproximadamente para suculentas e heras, por exemplo.                                                                       
    - Opção 2 – com borrifador:  Borrife diretamente na base da planta para atingir as raízes,  2-3 dias por semana. Borrife também o musgo para deixá-la mais verde por mais tempo.                                                                         
DICA: Tente sentir como a planta se desenvolve na sua casa, e aumente a rega se sentir que está ficando seca e murchinha. Se perceber que estão bem, não necessita regar. A quantidade e frequência da rega depende do quanto de água foi colocado na rega anterior e do quanto evaporou desde então.                                                                                              
  • Adubação: Se sua orquídea está florida não há necessidade de adubação. Após a floração inicie com adubo de manutenção.                                                       
  • O musgo poderá escurecer um pouco com o tempo, o que é normal.

Nenhum comentário:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *