domingo, 20 de novembro de 2016

DOENÇAS MAIS COMUNS EM ORQUÍDEAS

PRINCIPAIS DOENÇAS EM ORQUÍDEAS

Assim como nós, meros seres humanos, as plantas também precisam de cuidados. Na jardinagem, diversas atitudes devem ser tomadas quando a sua plantinha fica doente. Mas não se desespere, sempre há uma solução para tratar das suas flores, folhas e até frutos.
Neste artigo, vamos falar de uma planta que é realmente muito delicada e dependendo da sua espécie, os cuidados deverão ser mais rigorosos ainda. As orquídeas surgiram há muitos anos atrás e quase todas as suas espécies já foram catalogadas. Suas flores vistosas são o que mais chamam a atenção de todos e o que queremos é termos plantas saudáveis e floridas, não é?
MANCHA-AQUOSA OU MANCHA-MARROM/Podridão bacteriana
Caracteristicas: Bactéria encontrada geralmente nas falaenópsis (atacando toda a planta) e nas catléias (somente em folhas velhas). A disseminação é feita por insetos, água de irrigação ou de chuva. 
Sintomas: Formação de lesões esbranquiçadas e úmidas que tornam-se escuras.
Como combater: remova as partes atingidas, isole a planta e reduza a quantidade de água. Existem bactericidas disponíveis em lojas agrícolas.



PODRIDÃO-MOLE 
Características: Ocorre em plantas com folhas não-eretas (como as das vandas, falaenópsis, vanilas, arachinis, paphopediluns, phalus e dendróbios) que popriciam o acúmulo de água. 
Dissemina-se por insetos, água de irrigação ou chuva Sistomas: odor fétido e lesões nas folhas e pseudobulbos (lembra uma banana madura)
Como combater: Remova as partes atingidas, isole a planta e reduza a quantidade de água. Existem bactericidas disponíveis em lojas agrícolas.


PODRIDÃO NEGRA 
Características: é causada por um funco branco altamente agressivo, que surge em períodos de muita umidade e penetra pela raiz ou pelo colo da planta. Disseminada pela água de irrigação ou da chuva, por substratos e vasos contaminados.
Sintomas: A planta fica tombada e com manchas negras, que progridem da raiz para as folhas. Com a evolução da doenças, os órgãos atacados apodrecem. Em casos extremos, pode ocorrer a morte da planta. 
Como combater: Use fungicidas sistêmicos, comercializados em lojas agrícolas e específicos para essa doença.


ANTRACNOSE 
Características: é um fungo encontrado com frequencia em climas tropicais e subtropicais. Seu desenvolvimento é favorecido por umidade elevada e temperaturas entre 10oC e 20oC.Sintomas: Descoloração da folha e lesões com centro marrom.Como combater: Borrifar fungicida à base de sufato de cobre nas partes afetas da planta. Esse produto é vendido em gardens centers, supermercados e orquidários profissionais.


FERRUGEM 
Características: O ataque desse fungo é propiciado por alta umidade e temperaturas amenas.São disseminadas pelo vento e por respingos de água.Sintomas: Ocorrem apenas nas folhas, quase que exclusivamente na face inferior onde, inicialmente, surgem pequenas lesões amarelo-laranja ou marrom-avermelhada, que podem enegrecer.Como combater: borrifar fungicida à base de sulfato de cobre nas partes afetadas da planta. Esse produto é vendido em gardens centers, supermercados e orquidários profissionais (envelopinhos iguais aos de sementes de salsinha, erva doce, etc.)

MANCHAS FOLIARES 
Características: além de diminuir o desenvolvimento, as manchas deixam a planta feia e diminuem a qualidade para a comercialização.Sintomas: Manchas castanho-escuras circulares ou ovaladas nas folhas, com bordas bem definidas e centro pardo-claro.Como combater: Remova as partes atingidas, isole a planta e reduza a quantidade de água. Existem fungicidas especificos para essa doença disponíveis em lojas agrícolas.

MOFO CINZENTO 
Características: é favorecido por condições de alta umidade, baixa ventilação e temperaturas amenas (16oC a 18oC). Disseminado pelo vento, ataca pétalas, sépalas e labelo das flores, principalmente as mais velhas.Sintomas: Pequenas manchas circulares nas flores. Com a evolução da doença, surge também uma massa cinza parecida com pó. Flores severamente atacadas murcham e caem.Como combater: Remova as partes atingidas, isole a planta e reduza a quantidade de água. Existem fungicidas especificos para essa doença disponíveis em lojas agrícolas.

MURCHA OU PODRIDÃO DE RAIZ E PSEUDOBULBO - Mais conhecido como CANELA SECA
Características: Moléstia vascular que infecta as plantas pelas raízes ou por ferimentos nos rizomas, produzidos durante o processo de propagação.Sintomas: Coloração escura dos rizomas e círculos roxo-escuros no interior dos rizomas. A planta pode sofrer redução continua no desenvolvimento ou até morrer em cerca de 30 dias.Como combater: Remova as partes atingidas, isole a planta e reduza a quantidade de água. Depois aplique fungicidadas especificos para essa doença vendidos em lojas agrícolas.

PERCEVEJO E INSETOS DAS ORQUÍDEAS 
Características: Medem cerca de 5mm de comprimento, têm cor alaranjada e assas anteriores azuis-escuras, com bordas externas alaranjadas.Sintomas: faz furos que podem deformar as plantas e gerar manchas esbranquiçadas. Costuma atacar catléias, laélias e encíclias.Como combater: Pulverize a planta com inseticidas que tenha como principio ativo fosforados e clorofosforados, como o SBP Casa & Jardim.





Prevenção:
Como sempre digo, o ideal é prevenir para não ter que tratar a doença.
Para isso, siga estas dicas:
- Esterilize os vasos antes do plantio ou replantio;
- Antes de colocar o novo substrato, jogue água fervendo nele e deixe esfriar;
- Evite deixar uma planta muito próxima a outra (o ideal é o espaçamento de um palmo de uma folha para outra);
- Não deixem vasos próximos ou no chão, o ideal é estarem pelo menos 50 cm de distância do chão.
- Evite deixar as folhas das orquídea úmidas por longo período;
- Coloque os vasos em locais que tenham boa circulação do ar (que ajuda na secagem das folhas e substratos);
- Ao primeiro contato do sintoma desta ou outra doença, isole a planta contaminada.


Nenhum comentário: