segunda-feira, 17 de julho de 2017

ESQUEMA DE ADUBAÇÃO DE ORQUÍDEAS

COMO ADUBAR AS ORQUÍDEAS CORRETAMENTE!


No começo do cultivo, sempre temos esta dúvida! Bom, pelo menos eu sempre tive.

Sabemos que as orquídeas passam por diferentes ciclos de evolução: floração, dormência, brotação ou pré-floração, e para adubar as orquídeas adultas, tem-se que ter em mente em que fase de desenvolvimento nossa orquídea está.

Como temos várias orquídeas em diferentes estágios de desenvolvimento, sei que é difícil reconhecer em que fase está, porém com as dicas abaixo, espero que consigam distinguir as fases de evolução. 

DICA: separar suas orquídeas de acordo com a fase de desenvolvimento ou usar somente o adubo de manutenção ( 20-20-20). Porém, fiquem atentos quanto as necessidades da planta em relação à luminosidade.

Vamos ver duas maneiras de adubação: 
A primeira é pela fase de evolução da orquídea e a segunda pela época do ano.

Adubação de acordo com a fase de evolução das orquídeas:

Floração:
Cultivo Tati Rodrigues

É o período onde as flores estão abertas e não há necessidade de adubar, ou caso prefira seguir com a adubação, dilua mais que o normal o adubo.

Dormência:

Fase de dormência

Ocorre logo após a floração. É o período em que a planta se recupera da energia gasta com a floração. Neste estágio ela não emite brotos, nem raízes. Muitos orquidófilos não adubam nesta época. Eu costumo, nesta fase usar adubo de manutenção (20-20-20)

Brotação:

Brotação

É o início de atividade da planta. Um novo ciclo inicia, quando surgem novos brotos e raízes. Nesta fase faz-se a necessidade do Nitrogênio (o N do nosso NPK, ou seja, o adubo NPK deve ter maior concentração - o primeiro número (N) deve ser maior que os demais - ex: 30 - 10 - 10)

Pré-floração:

C. Forbesii - Cultivo Tati Rodrigues

Quando começarem as espatas ou evidência de que os botões florais irão se formar (hastes florais). Para dar energia à planta, fortalecendo a floração, maiores quantidades de P (Fósforo) e K (Potássio) são exigidos. Então pode-se iniciar a adubação com adubos ricos em P e K ( ex: 10-30-20, 08-45-14, 09-45-15, etc)


Adubação de acordo com a época do ano:

PRIMAVERA: 1g/l de adubo 30-10-10
VERÃO:         2g/l de adubo 30-10-10
OUTONO:      1g/l de adubo 10-30-20 alternado com adubo 30-10-10
INVERNO:     0,5g/l de adubo 10-30-20

As aplicações são de 15/15 dias.

Minha opinião: em relação ao tipo de adubação, soou favorável a adubação de acordo com a fase de desenvolvimento da planta.

Eu costumo adubar semanalmente com metade da dose recomendada, ou seja, ao invés de 1g de 15/15 dias, eu uso 0.5g (meia col de café) para 1 litro de água e intercalo a esta aplicação adubos com micronutrientes. Faço, também a aplicação de óleo de Neem (preventivamente).

Espero com esta publicação ter sanado algumas dúvidas!
Curtam nosso blogg, se inscrevam e recebam alertas de novas postagens.

Nenhum comentário: