segunda-feira, 8 de maio de 2017

MINI CURSO 1 - Aprendendo sobre as orquídeas

Vamos juntos aprender tudo sobre orquídeas?

Estarei postando, diariamente, uma série de materiais com o título MINI CURSO.

Hoje vamos falar sobre o ambiente de cultivo de uma maneria simples para que todos possam entender, abordando passo a passo sobre o cultivo.

Pois bem, vou mostrar de uma maneira simples o que é essencial para que se possa entender e saber como cultivar bem nossas orquídeas.

Mas afinal, qual é o ambiente correto para o cultivo?
Assim como na natureza, as orquídeas precisam de alimento, luminosidade e umidade das árvores para se desenvolver.

Já sabemos que devemos ambientar nossas plantas, como se elas estivessem na natureza, ou seja: 

1- Se ela é epífita (vive fixada em árvores) devemos cultivá-la ou em vasos com substrato e firmar elas (elas odeiam e não desenvolvem quando se sentem soltas), assim como cultivar em troncos, cachepot ou colocar em árvores mesmo. Se terrestre, cultivar em uma mistura de terra com outros tipos de substrato (a terra não deve ficar compactada) e assim por diante.

2- Para sabermos se ela é epífita, terrestres, rupícola (vive em pedras, rochas)... é necessário que saibamos que orquídea é! Então, nada de comprar sem o nome dela!

3- Na natureza ela recebe tudo o que precisa: água na dose certa, adubo (que vem das fezes das aves e pelo vento) ... em casa, seja em vaso, troncos, etc.... devemos fornecer tanto a água como o adubo para elas!

Nossa sorte no cultivo é que a grande maioria das orquídeas são epífitas, assim o erro no cultivo é menor!

As orquídeas são bastante delicadas em relação à quantidade de luz e por isso você precisa observar certos sinais para saber se sua planta está recebendo a quantidade certa de sol. Folhas amareladas, por exemplo, indicam excesso de luz.

Assim como acontece com a nossa pele, o excesso de sol causa queimaduras, e por isso você deve escolher um local onde sua orquídea receba luz apenas durante algumas horas do dia, ou ainda um local em que a luz seja filtrada por barreiras, como folhas de árvores (assim como na natureza) ou filtros específicos para esse fim, que são telas que deixam passar apenas uma determinada quantidade de sol.

E assim como as orquídeas que vivem nas florestas tropicais, a suas orquídeas precisam de umidade. O ar seco aumenta o risco de aparecimento de doenças e pragas, e ainda pode atrapalhar a floração, fazendo as flores secarem mesmo antes de abrirem. Você pode resolver esse problema borrifando um pouco de água em toda a planta (exceto nas flores) todos os dias pela manhã, ou espalhando água no chão do local onde estão suas plantas, ou ainda utilizando nebulizadores e umidificadores de ambiente.



Nenhum comentário:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *